terça-feira, 30 de agosto de 2011

Este é o Tempo


Este seria apenas mais um artigo, fruto daquilo que Deus falou comigo, se não fosse a maneira como ele nasceu.
Não me lembro quando, mais sei que já se aproximada de um ano. Naquela época, após alguns dias de consagração Deus falou comigo: “Este é o tempo”. Confesso que respondi: “Hã?”. Minha consagração havia sido motivada por questões pessoais, eu queria a resposta de Deus em relação a alguns desejos meus e de repente Deus fala uma coisa nada a ver pra mim.
Deus então começou a compartilhar e a me explicar, e agora tempos depois vejo que é hora de escrever e dizer: Este é o tempo!
A palavra do Senhor nos conta no livro de Números 14.1-38, que o povo de Israel que viu as pragas vir sobre os egípcios e que presenciou os milagres do Senhor no deserto, o povo que caminhou sob a coluna de fogo de noite e uma coluna de nuvem durante o dia, o povo que viu o mar se abrir, a água sair da rocha, o pão cair do céu. Este mesmo povo, ao ouvir que a terra da promessa era habitada por gigantes e eram cidades fortificadas, não creram que o Senhor lhes daria a terra e por causa da incredulidade pereceram todos no deserto, pois o Senhor Deus jurou dizendo “nenhum deles chegará a ver a terra que prometi com juramento aos seus antepassados. Ninguém que me tratou com desprezo a verá.” Nm 14.23
Mas a bíblia nos conta que uma nova geração se levantou e esta geração creu no Senhor, pelo que conquistaram a terra prometida e as muralhas fortificadas vieram ao chão.
Queridos, muitos vieram antes de nós, pessoas que viram os milagres de Deus, mas não creram na conquista da terra, pessoas que diante das dificuldades temeram, quiseram voltar à trás, não prosseguiram para a conquista, pelo que morreram no meio do caminho não conquistando os sonhos de Deus por olharem as circunstâncias.
Mas Deus tem levantado uma nova geração, um povo que crê e vai avante, que acredita no impossível, que se dispõe à conquista perseverando até ao sétimo dia e ao som de trombetas e gritos de guerra vêem as muralhas ruírem. Josué 6.1-21.
Este é o tempo de conquista, é o tempo de pregar o evangelho, de conquistar a sua casa, o seu bairro, a sua cidade, a nossa nação e ver a glória do Senhor enchendo a terra. Deus está fortalecendo corações, restaurando ministérios, dando novos sonhos, ampliando a visão, é chegada a hora!
Esta é a palavra do Senhor: “Povo de Deus, libertem os cegos da escuridão, ouçam o clamor dos aflitos, desatem amarras, quebrem grilhões e todo o sedento venha e beba da fonte.”
O dia do Senhor se aproxima e muito mais do que nossas vontades e interesses é hora de vivermos a vontade de Deus, e proclamá-lo por toda terra.
Não seja como aqueles que duvidaram do poder de Deus e desejaram um líder que os levassem de volta ao Egito, a terra da escravidão. Creia no Senhor porque “Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam.” Hb 11.6.


Nenhum comentário: